Uma foto do meu umbigo

É pouco, muito pouco, quase nada perto do que o cronista digital precisaria pra viver deste ofício tão prazeroso, ele aqui, olhando pela janela o mundo lá fora, e ouvindo boa música, e bebendo boa cerveja, ou bom uísque, ou só água, e escrevendo, escrevendo, escrevendo, escrevendo, e apenas sobre o que a bússola do pensamento dele sugere.

É pouco, realmente muito pouco – agora o cronista digital já aprendeu – diante do sucesso verdadeiro de quem surfa mesmo nas ondas deste oceano chamado internet, herói e vilão, novidadeiro e retrógrado, deus e coisa ruim, com certeza um dos quatro cavaleiros do Apocalipse, que chegou pra bagunçar o coreto e devastar e reformular e reinventar e dizimar e democratizar o erro e o acerto e a dúvida.

É muito pouco. Reconhecidamente, muito pouco.

Mas pro moleque que saiu lá do caixa-prego e já conseguiu tanta coisa – apertou a mão do Fidel e ganhou um abraço depois de uma coletiva em Brasília; conversou horas com Prestes no apartamento dele na Rua das Acácias; virou criança de novo e ajoelhou no chão de uma redação, todo emocionado, ao receber uma ligação do Zico; falou com Drummond ao telefone duas vezes; dormiu com sua Adalgisa e a deixou escapar de manhã; assistiu no estádio a duas finais de Copa; esteve na França e em Cuba; nos Estados Unidos e na Holanda; na África do Sul e na Colômbia; no Peru e na Bélgica; na Irlanda e na Argentina; em Portugal e na Espanha; na Inglaterra e em Ouricuri; na Alemanha e em Belford Roxo; no Leblon e no Caioaba; no Ouro Fino e na Chatuba; e que, ao retornar pra dentro de si mesmo, em todas vezes, encontrou tudo igual, sem nunca ter se rendido ao encantamento dos salões refrigerados e nem se contentado com o cheiro abjeto do valão de esgoto -, pois, pra este menino que insiste em viver ileso no corpo do cronista digital, isso é muito, sim.

Tanto vitupério é pra relatar a alegria boboca de este blog tão feioso, mas esperançoso de ficar bonito, ter passado de 20.000 visualizações e quase 16.000 visitas em um mês completado nesta data.

Obrigado. O cronista digital, prosa, agradece sua audiência.

Anúncios

13 comentários sobre “Uma foto do meu umbigo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s